Resumo da aula 01

O que é, em si e afinal, a engenharia de software?

A engenharia de software é uma disciplina que busca aumentar a qualidade dos softwares produzidos, bem como diminuir o seu custo. Para isso, procura disponibilidar um conjunto de métodos, técnicas e ferramentas que auxiliem na produção dos artefatos desejados. Não apenas isso, mas essa disciplina se preocupa com a precisa aplicação dos MTFs disponibilizados, também procurando aumentar a produtividade do engenheiro criador de software.

Ressaltamos inicialmente como a engenharia de software pode melhorar a qualidade de um artefato. Contudo, seria imprudência não expor que a ausência da mesma pode acarretar em sérios problemas nos artefatos desenvolvidos (vide o caso das âmbulâncias de Londres).

Contudo, ainda que seja de importância inquestionável, a engenharia de software ainda se apresenta como desafiadora. Escolher os MTFs adequados, usá-los na situação apropriada e ainda orquestrá-los para que funcionem em harmonia é uma tarefa de grande complexidade, que mostra que maiores estudos nessa área se fazem necessários.

Portanto, diante da complexidade de uso adequado das MTFs, três conhecimentos se mostram fundamentais ao se elaborar um artefato:

  • Conhecimento de Engenharia de Software
  • Conhecimento do Contexto
  • Conhecimento da Máquina Computacional

Esses três conhecimentos definem a base onde bons artefatos podem ser fundamentados. O primeiro conhecimento salienta a necessidade de se estar familiarizado com os métodos, técnicas e ferramentas disponíveis, assim como a experiência em utilizá-los. O conhecimento do contexto define o quanto o engenheiro sabe a respeito do problema a ser resolvido, i.e., o quanto ele conhece dos fatores que influenciam a resolução do problema. Por fim, o terceiro conhecimento pretende agregar o entendimento sobre os fatores aos quais o software estará submetido, sejam eles limitações de hardware ou mesmo do ambiente de software que circundará o artefato produzido. Estruturar bem esse conhecimento e torná-lo disponível ao desenvolvedor é um dos grandes desafios da engenharia de software. 

Enfim, diante da complexidade escalonável do conhecimento exigido de engenharia de software, algumas taxonomias pretendem aliviar a abordagem da mesma. Seja sob o viés de produção, qualidade, processo, tenta-se departamentalizar as MTFs para melhor entendê-las e aplicá-las. Isso tem se tornado uma exigência crescente à medida que se buscam nichos de especialização para o desenvolvimento da engenharia de software.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Resumo

One Comment em “Resumo da aula 01”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: